Qual melhor tipo de fermentador para você?

A resposta para esta pergunta depende do seu perfil, por isso vou citar aqui alguns perfis de cervejeiros e você pode então encontrar-se para definir qual próximo passo na sua “cervejaria gourmet”.

Cuba gastronômica

Vou começar pelo mais improvável. Uma caixa ou cuba gastronômica é uma opção. Há centenas de anos, as cervejaria não fermentavam em fermentadores fundo cônico, mas em fermentadores deitados ou cubas, e os resultados eram excelentes.

Fonte

Fundo chato

Outra opção é o fermentador de fundo chato comum. Nele você pode fermentar, baixar a temperatura e maturar. Com custo baixo, é normalmente a primeira opção do cervejeiro que está começando. Já ensinamos como adaptar um airlock para este tipo de fermentador neste post.

Sem Título-1

Fonte

Fundo cônico

A terceira opção é o fermentador fundo cônico. Famoso e caro, dá normalmente bebidas menos turvas, mas com turbidez atrativa. Este equipamento é normalmente mais caro, por isso você deve ter certeza que vai continuar se aventurando pelo mundo das cervejas ao adquirir um equipamento destes.

Com o avançar das produções as necessidades (ou não necessidades) vão surgindo. Conheço cervejeiros caseiros que têm fermentador cônico e não acertam na bebida final, e cervejeiros que fermentam no balde de azeitona com bebidas formidáveis.

Fonte

Por isso, o importante é conseguir o máximo de informação em livros ou continuando pelo nosso site. Avançando pelo blog, você vai encontrar muita informação que vai te surpreender.

Saiba um pouco mais de fermentação em um dos nossos primeiros posts, aqui.

COMENTÁRIOS 0 comentários